Não case como Romeu e Julieta

 em Informações e atualidades

“Muitas vezes nos casamos como Romeu e Julieta, sem que um conheça realmente o outro. Ficamos apaixonados pelo amor ou por uma pessoa imaginária, a quem atribuímos todas as características e atributos que desejamos. Ou ainda por alguém com quem possamos repetir os padrões aprendidos em família. Também apresentamos um eu falso, que esconde quem realmente é em nome de buscar o amor e um relacionamento seguro. A paixão é uma euforia química. A sensação é incrível, porém temporária. Quando a sensação se dissipa, resta apenas o sonho perdido e o sentimento de perda em relação ao parceiro ou relacionamento que nunca tivemos de fato.” Eger (2021, p. 112)

Fonte: Eger, Edith Eva. A liberdade é uma escolha. Rio de Janeiro: Sextante, 2021

Postagens Recentes

Deixe um Comentário